segunda-feira, 18 de novembro de 2013

BENDIGO

Bendigo o dia quando ele amanhece
e agradeço a oportunidade
com uma curta e silenciosa prece;
simples mas plena em sinceridade

Bendigo os passos e também tropeços
as pedras, as flores e bendigo o vento
a chuva, o sol, o fim e  o recomeço;
bendigo  todo e qualquer momento

Bendigo a força que me leva à luta;
com muito amor e correta conduta
vou bendizendo cada hora do dia

Bendigo a tarde que a noite traz
bendigo cada instante de paz
que encontro ao me entregar à poesia.

BENDIGO - Lena Ferreira – nov.13
Postar um comentário