Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

prova

Imagem
***
bem que tentei me ajustar ao mundo ser um bezerro a mais nessa boiada tangida por quem diz saber de tudo - quem diz saber de tudo, sabe nada -
bem que tentei acompanhar os passos dos pés que alicerçaram o paraíso mas, percebi pelos tropeços crassos: provar do inferno também é preciso
bem que tentei provar, a todo custo, o meu motivo, mesmo tolo, justo quanto a vazão quando a mente engravida
tentei provar, por muito tempo e tanto agora, experimento este entanto: se é pra provar, melhor provar é a vida!

- Lena Ferreira -

enfrente e em frente

Imagem
***
diz-me das vezes que pensou em desistir jogar pro alto tudo o que lhe dá trabalho mas, acredite, a vida não possui atalhos enfrente e siga em frente com seu insistir
tenha consigo a fé em Deus e em si mesmo trabalhe firme pois do céu só cai a chuva não se incomode se deslizar numa curva o que não pode é esquecer-se deste termo:
ninguém fará por nós aquilo que nos cabe esta certeza é a que move o mundo inteiro então, quando pensar em desistir, primeiro pense em Deus que, sobre nós, detalhes sabe
- Lena Ferreira - 

insolência

Imagem
**
que Deus me livre do título 'santa' mesmo porque não importo a conduta: conter o grito que vai na garganta comer e não lambuzar-me com a fruta
beber um gole só do que me encanta frear o passo que me leva à luta falar somente aquilo que acalanta que Deus me livre - sigo resoluta
nessa postura entre o cai e o levanta trago distante o querer-me impoluta bem sei que o verso oscilante espanta mais se oscila entre o mel e a cicuta -
mas, Deus me livre do pejo que canta; dispenso a santa que filha da puta

- Lena Ferreira -

tanto

Imagem
**
abrigo um silêncio sacrossanto no canto que foi nosso, amado meu preservo, com carinho, todo encanto e há vezes que até sinto o cheiro teu
à noite, antes de dormir, eu rezo como antes, só que um pouco diferente dizendo ao bom Deus o quanto prezo ter tido tua presença entre a gente
silenciosa é a prece e vem da alma e enche de conforto o esquerdo canto renovando-me as forças, traz a calma pr'essa saudade que ainda sinto tanto

- Lena Ferreira -

câmbio

Imagem
dispenso títulos e honrarias dispenso rótulos e protocolos dispenso as refinadas iguarias e troco tudo por um bom colo
dispenso a sorte num bom negócio dispenso o topo de uma colina dispenso a vida curtida em ócio eu quero é seguir nessa rotina:
poucos amigos, livre de culpa seguindo em frente com meu destino que Deus bendiga e me esculpa a alma feito a de um menino
- Lena Ferreira -

por sabê-la prisma

Imagem
*
não questiono essa verdade nua a desfilar dual de encosta a encosta engravidando outro oceano exposto avolumando-o em densidade e norma
que plataforma em cada sopro fácil do vento unânime em absurdo e pressa que arremessa os meus dois olhos longe como a punir-me por sabê-la frágil
- como a punir-me por sabê-la prisma -
mas, bem redimo-me do estado lua cultivo estrelas na passagem estreita que me madruga em pensamento-rio e desemboca em versos de exceção
- não questiono essa verdade nua que sua, e úmida condensa a ação -

- Lena Ferreira - 

sobre o voo

Imagem
*
tudo era feito de uma calma regente desde os passos centrados, medidos até os olhos de brilho cingidos e aqueles lábios de riso contente
que, sob o efeito, tudo fazia torrente desde os verbos pensados colhidos até os versos deitados, doídos e aquela doma do sopro indolente
tudo era feito de uma calma em conquista dessas que não há quem proponha revista dessas que não há quem dispense vontade
tudo era efeito de uma calma tão mansa dessas em que a alma inteirinha dança num viver, bem viver e viver de verdade
- Lena Ferreira - 


de ausências calmas

Imagem
*
é sob esse céu de ausências calmas que intensifico a minha insistência num verso prometido às gordas nuvens que correm como um corcel ao vento
(...)

que nasça prematuro ou no seu tempo, e, chuva, que fecunde incertas almas chovendo, então que as lave, fora e dentro e lava sendo, então que incendeie as tácitas palavras que, indispostas,  sob esse céu de ausências me devoram
- Lena Ferreira -