segunda-feira, 23 de março de 2015

ANTES DO VOO

E depois de testemunhar fotos inertes
transformarem-se em rostos vívidos, ninhos de risos
depois de ver palavras impressas dispostas em gestos
toques, beijos, abraços, afagos precisos
depois de ter sido recepcionada por ladeiras prosas de carinhos
por vozes e ventos de mornas descobertas
cumplicidade poética estendida
deslizando mansa e perene
margeando o Capibaribe liso
bebendo olhares concisos
parto, cheia de viço, revigorada
deixando parte de mim em cada
levando parte de cada em mim 
A parte que fica acomoda-se no esquerdo canto
qual semente fecundada em alegria
a parte que parte, voa em breve
levando na mente
brotos fartos da poesia
dos quatro cantos


 ANTES DO VOO - Lena Ferreira - mar.15
Postar um comentário