quinta-feira, 5 de março de 2015

A QUE CHAMAM LOUCURA

Isso a que chamam loucura
talvez seja mais do que possam supor
é como o respirar, o abrir dos olhos a cada manhã
e bendizer a graça de cada momento
brindado pelo alimento diário, diáfano, inglório
impalpável, improvável, incrível mas, necessário

Isso a que chamam loucura
é como nuvens que correm os céus
tangidas pelo boiadeiro vento
que, de tempo em tempo, brande o seu chicote
modificando o sentido, o rumo e a direção

Isso a que chamam loucura
talvez seja mais do que possam enxergar
é como sentir sede em frente ao mar
e sedento, bebê-lo, bebê-lo e bebê-lo até a transmutação
e assim, cortar oceanos, beijar continentes
sentindo o carinho do vento na pele
sob um sol generoso espumando as ondas
do pensar só por pensar

Isso a que chamam loucura
talvez, para a loucura, seja a salvação




A QUE CHAMAM LOUCURA - Lena Ferreira - fev.15
Postar um comentário