segunda-feira, 1 de setembro de 2014

PELO MENOS


Do silêncio semeado pelo atrito
nem tão fértil, nem tão frágil, nem tão puro
nasceria, dia ou outro, lhe asseguro
pelo menos, um estrondoroso grito

PELO MENOS – Lena Ferreira – ago.14
Postar um comentário