sábado, 13 de setembro de 2014

CONSAGRAÇÃO

Deitou seus olhos cheios de cuidados
e sua calma macia sobre a minha pressa

- os meus, fechados assim, como quem reza
abriram-me o peito em quase explosão -

Vasto em ritos, rimas e isento de promessas
consagrou-me um verso e, batizando-me os lábios,

...deu, à minha urgência, a extrema-unção


CONSAGRAÇÃO – Lena Ferreira - set.14

Postar um comentário