sexta-feira, 28 de novembro de 2014

SEM MAIS

Um dia, saberás dos desmotivos
e quando o acaso acontecer  pressinto-te em espanto
ao concluirdes que a loucura que supunhas habitar-me
vai muito além do que pudeste pressupor


Não encontrarás nenhuma pontinha de orgulho ou medo
ou pretensão no labirinto que, calado, adentrarás
ou nesse nada raso e vasto como me julgas  em vazio
à imensidão dos que consentem. - um dia, saberás dos desmotivos;
teus olhos vívidos logo verão e identificarão os raros sinais –


Sem mais por hora, o que me resta é essa espera  sem ais.




SEM MAIS - Lena Ferreira- nov.14
Postar um comentário