terça-feira, 4 de novembro de 2014

MAIS QUE VERSOS

Ele caminha sob a noite enluarada
tem como abrigo um céu coberto de estrelas
no pensamento, nada mais que sua amada
e o desejo de poder, nos braços, tê-la


Caminha calmo na certeza do encontro
sem se importar com a distância percorrida
leva no peito um poema quase pronto
onde o desfecho é, da amada, a acolhida

Ele caminha e a noite também caminha
e a cada passo, a certeza mais se aninha
na alma que no amor distante ainda confia:

Quando chegar, nem notarão o seu cansaço
os dois serão somente um, num terno abraço
e, mais que versos, serão uma poesia


MAIS QUE VERSOS - Lena Ferreira - nov.14
Postar um comentário