sexta-feira, 10 de outubro de 2014

INTACTO

Guardo o teu nome inteiro, completo
sob a língua, intacto de saliva
e quando a lua cheia míngua
traz à rua uma particular tonalidade
que adorna este casto segredo

...meu medo primeiro é que descubras
nessas horinhas descuidadas, rubras,
a palavra colorida, perfumada e curta
ladeada à tua breve e leve assinatura
e que mantém a minha chama acesa

...medo mesmo, o que mais me loucura,
é que descubras e, indiferente,
permaneças com a tua muda
deixando a minha assim, à míngua
embora tesa secretamente...


INTACTO - Lena Ferreira - out.14
Postar um comentário