segunda-feira, 13 de outubro de 2014

DO PULSO

E na briga contra o tempo
tropeços trituram os ponteiros
segundos apressando efeitos
demonstram os defeitos não raros
minutam as horas em desgoverno
e o pulso, o pulso em frangalhos

Ah, tempo...Há tempo? Qual jeito?
- Ouvir o tique-taque do peito.


DO PULSO - Lena Ferreira - out.14
Postar um comentário