sábado, 24 de maio de 2014

DO PESO

E foi precisa a guerra santa entre os dois mundos
para que a paz desse sinal, ainda que tímida,
no sítio tenso, encharcado de queixumes
que transformavam penas leves em fardo-chumbo

- insuportável o peso de tantos desditos -

E foi preciso um sim disposto ao não em alarde
que, desde à tarde, salivava reticências
em exigências absurdas, impensadas
manchando o verbo que acalmava a mente sã

- insuportável o peso do tanto não dito -

E foi precisa a hora de voltar ao centro
para que as letras, calmas, bebessem a audição
em taças altas, fartas, num brinde silente
e conivente sem que restasse um senão

- insuportável o peso do 'tenho razão' -

DO PESO - Lena Ferreira -
Postar um comentário