terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

PRISCILA

Priscila oscila
entre o riso e o pranto
entre a calma e o conflito
o silêncio e o grito
o profano e o santo
sustenido e dó
uns dizem ser quebranto
outros, que desencanto
mas eu não sei bem não...

Priscila vacila
entre o passo e o compasso
entre os pés e as asas
a geleira e as brasas
a forquilha e o laço
o enfeite e o nó
uns dizem ser cansaço
outros, que embaraço
mas eu não sei bem não...

Priscila desfila
entre a ira e a ternura
o remédio e o veneno
tempestade e sereno
vizinhança e lonjura
companhia e só
uns dizem ser loucura
outros, que não tem cura
mas eu não sei bem não...

PRISCILA - Lena Ferreira - fev.14

Postar um comentário