segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

DESTREZA

Quisera, mesmo, essa serenidade
e complacência com que se apresenta
mesmo diante da brutalidade
de um forte vento, na paz se sustenta

Quisera, mesmo, essa suavidade
olhando os fatos, sempre, sempre atenta
mesmo diante da adversidade
doa palavras que meu peito alenta

Quisera, mesmo, essa humildade
com a qual ensina e à alma acrescenta
pois nos seus versos de realidade
há sapiência e há luz que apascenta

Quisera, mesmo, ter sua destreza:
domar tormentas e sair ilesa...

DESTREZA - Lena Ferreira - fev.14

Postar um comentário