domingo, 8 de fevereiro de 2015

TRÍADE

A primeira escuta atenta
a memória de todas as letras
cores, gestos, perfume e poeira
lendo as linhas reais ou sonhadas

A segunda, teclado ou caneta
como partículas de um cometa
do que sonha às vivências ajeita
dando vida às vidas inventadas

A terceira, com um dos pés na lua
dia a dia, desdobra-se e sua;
aula e espelho, armário e cozinha
quente e frio, amargo e doce

No descanso, unida às outras duas
complementam-se e, inteiras e nuas,
bebem chá com gotas de entrelinhas
que a leitura da vida lhes trouxe



TRÍADE - Lena Ferreira - fev.15
Postar um comentário