segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

PARTO

Fosse esse seu silêncio, estéril
e ainda virgem, solteiro e senil,
seria em seu tempo a partida
com a vida seguindo levemente

Mas não...

Trouxe consigo o vigoroso vício
das verdades absolutamente analíticas
nas pausas grávidas de afrontas e tiques
salmourando cílio a cílio

Fosse esse seu silêncio, estéril,
evitaria esse meu parto prematuro

PARTO – Lena Ferreira –
Postar um comentário