sexta-feira, 29 de agosto de 2014

SONHAR-TE


E tudo é vago quando a noite principia...
Traz-me a tensa incerteza
de teus olhos sobre os meus

E, devagar, os momentos tensionados
aflitivos, todos, tantos, fazem-me buscar - sei onde -
pelas tuas muitas mãos

Olho pro céu que pariu filhas-estrelas
recolho só uma delas
que me nina até sonhar-te

SONHAR-TE - Lena Ferreira -
Postar um comentário