quinta-feira, 7 de agosto de 2014

ME POESIA


Nos dias em que a urgência falta
é que bebo tua calma
numa taça bem alta

São dias de risos maduros
em que verdades infantes
ultrapassam os muros

São dias que deslizam perenes
em carícias aos segundos
até que a noite acene

E noite que mais parece dia
onde o sol do teu peito
brilha e me poesia

ME POESIA – Lena Ferreira – ago.14
Postar um comentário