sábado, 11 de fevereiro de 2017

por não-saber

guardo o teu olhar numa gaveta e me retiro
assim prefiro que é pra não embolorar
outras lembranças que circulam pela sala
que não gritam, mas me falam
da vida que é quase um tiro
no escuro
escalo o muro de uma dor que desacata
ordenanças correlatas
sábias do que é seguro
mas, por não-saber, eu só procuro
três promessas não-feitas
e um suspiro que ajeita
outro olhar pro futuro




- Lena Ferreira -
Postar um comentário